O dia em que um confeiteiro coloriu uma obra de Picasso – GQ

10

Muitos restaurantes foram pontos de encontro dos artistas de vanguarda como a Taberna Quatre Gats de Barcelona e o cabaré Au Lapin Agile, em Paris, onde Picasso frequentemente reunia-se com os amigos. Os pratos, utensílios e a cozinha em si não tinham muito significado para Picasso, então ele os transformava em obras de arte.

É aqui que entra o intrépido Antoni Escribá, da 3ª geração de mestres confeiteiros de Barcelona. No ano de 1959, pouco depois da Páscoa, ele recebeu em sua loja da Gran Via de Barcelona a visita do Galerista Joan Gaspar. Este, muito amigo e galerista de Picasso, encomendou uma réplica de chocolate da estátua de Cristóvão Colombo, já que o pintor não voltava a Barcelona desde 1934 e sentia muita falta da vista de sua janela para o monumento.

Para a surpresa de ambos, quando Joan Gaspar foi buscar a encomenda, encontrou um ovo de Páscoa com um dedo em cima do pedestal no lugar de Cristovão Colombo. Picasso ficou maravilhado com a obra e presenteou Antoni Escribá com uma de suas litografias da série O Circo. O mestre confeiteiro não achou muita graça na obra, faltava um pouco de cor e vida no circo.

escriba (Foto: divulgação)

Depois disso, Christian Escribá, filho de Antoni e atual chef da confeitaria que leva o nome da família, recebeu uma ligação de seu pai pedindo que o ajudasse a falar com sua esposa, mãe de Christian, porque ela estava muito brava e não lhe dirigia a palavra. O motivo era que finalmente O Circo havia ganhado um pouco de cor, Antoní Escribá havia pintado a obra de Picasso que ganhou.

Como já dizia Heráclito: “Os Deuses estão na cozinha”.

A réplica da escultura de chocolate por Christian Escribá pode ser vista na exposição A Cozinha de Picasso, em cartaz em Barcelona no museu que leva o nome do artista até dia 30 de setembro.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários