O que levar (ou não) na lancheira dos seus filhos nesta volta às aulas – GQ

6

Com o retorno das aulas, uma das preocupações dos pais é o que colocar na lancheira das crianças, a fim de oferecer alimentos mais naturais e saudáveis e evitar também que seus pequenos terminem a hora do intervalo “estragados” pelas guloseimas das cantinas. As dicas são de Catia Ruthner, nutricionista clínica e funcional do W Estética & Spa, que fica no Rio.

Catia aposta em dois importantes pilares: saúde e bem-estar. “Ao contrário do que se pensa, as crianças não são difíceis. O que precisamos é ser criativos e mostrar a elas o quanto os alimentos são nutritivos”, conta a profissional, que sempre fala aos pacientes: “Quem ama, cuida! Se você ama sua família, fará boas escolhas alimentares.”

O importante na opinião dela é incentivar as crianças a levarem lancheira pra escola e não comprar produtos em lanchonetes e cantinas. “Este assunto eu considero de suma importância no desenvolvimento adequado de uma criança”, segue a nutricionista, que emenda com uma bronca: “É muito fácil os pais darem dinheiro para comprar qualquer produto que ‘sacie a fome’ na cantina da escola, porém sem valor nutricional algum.”

Preparar o lanche das crianças, todo mundo junto, é o objetivo. Dá trabalho? “Sim, terão que usar um tempo maior, mas será muito enriquecedor para a relação familiar”, completa.

Merenda (Foto: Foodism360 / Unsplash)

Na hora de priorizar os alimentos nas lancheiras, os pais devem pensar: “Sabemos que os dias de todos é muito corrido, com muitas atividades, mas busque sempre colocar opções preparadas em casa, sem aditivos químicos e conservantes. Eu recomendo bolos de cereais feitos em casa, frutas picadinhas, mix de frutinhas e sementinhas secas, sanduíche natural, água de coco ou água filtrada para hidratar”, explica.

Já o que jamais colocar na lancheira: “Nada de bolachas recheadas, mini bolinhos industrializados e achocolatados prontos para beber. E não tenha este tipo de alimento na dispensa de sua casa”, diz. Ah, e se pensarmos que alimentos estragam no decorrer do dia… “Com o calor que estamos enfrentando, os alimentos precisam estar bem acondicionados e apresentáveis para a hora do lanche das crianças”.

+ Como fazer seus filhos comerem corretamente durante o verão
+ Escala da fome: como o mindful eating pode te ajudar a comer de forma mais saudável
+ Nova loja em SP quer te fazer se importar com smoothies

E mais uma: e quando as crianças odeiam frutas e legumes? ”Regra número 1: uma criança precisa experimentar um alimento diversas vezes. Ela precisa conhecê-lo e degustá-lo em diferentes preparos. Neste momento precisamos ser pacientes e criar formas de preparar um prato mais atrativo e até mesmo levar a criança para montar uma saladinha bonita e colorida ou uma salada de frutas bem apetitosa”.

Merenda (Foto: Sol Talamantes / Unsplash)

Catia acredita que um profissional deva intermediar em situações onde os pais não consigam inserir rotinas saudáveis aos seus filhos e quando a criança esteja com sobrepeso ou desnutrida. “Muitas vezes esta rotina saudável não faz parte desta família, então é importante reorganizar erros alimentares de toda esta família. Sugiro como leitura o livro ‘Lancheira Saudável’, de Tatiana De Vuono”, completa a nutricionista.

Abaixo, mais 11 dicas espertas:

1- Água de coco: considerado um isotônico natural, auxilia na reidratação e uma boa fonte de vitaminas e minerais.

2- Banana: rica me potássio, auxilia na produção de serotonina e melhora o bem-estar

3- Abacate: contém vitaminas A e do complexo B e alguns sais minerais como ferro, cálcio e fósforo. Eles são ricos em vitaminas E e C, são potentes antioxidantes que ajudam a promover a saúde dos dentes e das gengivas e também protegem os tecidos do corpo de danos oxidativos.

4- Cereais integrais: uma ótima fonte de ferro, zinco, fibras e vitaminas. Promove saciedade e pode ser incluído a iogurtes e inserido em receitas de bolos e barrinhas de cereis que você pode fazer em casa.

5- Iogurtes: boa fonte de proteínas e cálcio. Opte por iogurtes naturais e pode montar uma receitinha com outros produtos naturais.

6- Se você for preparar uma salada de frutas, não adicione frutas que oxidem facilmente. A banana é uma delas. Sugestão: pode pingar umas gotinhas de limão que irá auxiliar para que as frutas não escureçam facilmente.

7- O bolinho integral em forminhas de muffins são bem legais. Você pode fazer vários bolinhos e acondicionar em saquinhos para que as crianças tenham um lanche saudável e prático.

8- Barrinhas integrais feitas em casa são interessantes e você pode envolver as crianças no preparo do próprio lanche. Isso irá motivá-los.

9- Mix de oleaginosas e frutas secas: castanhas, nozes pecan, amendoim sem sal, ameixa seca, damasco e uvas passas.

10- Monte um mix e deixe a criança participar da escolha das frutinhas que irão montar para levar pra escola.

11- As frutas e legumes são importantes fontes de vitaminas e minerais e são fundamentais no bom desenvolvimento de uma criança.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários