O que você precisa saber sobre o novo serviço de streaming de vídeos da Apple – GQ

8

Nesta segunda-feira (25), a Apple finalmente anunciou seu novo serviço de streaming de filmes e séries, que concorrerá diretamente com a Netflix e a HBO Go.

Realizado em Cupertino, Califórnia, na sede da empresa, o evento contou com um elenco de peso para anunciar algumas das produções originais que estarão disponíveis na plataforma, como Steven Spielberg, Oprah, Jennifer Aniston, Jason Momoa e J. J. Abrams. Apresentada pelo CEO, Tim Cook, a plataforma, chamada Apple TV+, será lançada no segundo semestre em mais de 100 países – o Brasil está incluso -, por assinatura e livre de anúncios.  “A Apple TV+ será a nova casa para os alguns dos melhores contadores de histórias mais criativos do mundo, com séries, filmes e documentários originais exclusivos”, afirmou Cook.

A Apple TV+ estará disponível no app Apple TV, o qual receberá uma grande atualização e poderá ser acessado nos dispositivos Apple, smart TVs da Samsung e, em seguida, nas plataformas da Amazon Fire TV, LG, Roku, Sony e Vizio. Além do conteúdo original, ainda será possível assistir à programação de terceiros, como HBO, Showtime, Starz e CBS, tudo na mesma plataforma, seguindo o mesmo passo da Amazon Prime Video.

+ Apple TV Plus: O que esperar das produções originais no novo serviço de streaming

+ Apple revisa receita ‘para baixo’ pela primeira vez em mais de 16 anos

+ Ofertas Amazon: Loja Informática – tecnologia e muitas promoções

Para completar, ainda foi divulgado o novo cartão de crédito da empresa da maçã. Totalmente integrado com o universo Apple, o objetivo é melhorar a experiência de cartões de crédito com aplicativos mais simples, sem anuidade, taxas de juros mais baixas e melhores recompensas para os usuários.

No contexto atual, conveniência é o nome do jogo, e colocar tudo em um só lugar facilita a vida das pessoas para acompanhar tudo o que gostam, além de ajudá-las a decidir qual serviço assinar.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários