Os números provam: não há artista, hoje, maior do que Drake – GQ

7

Como temos dito, Kanye West é um deus da música. Por isso, quando ele resolve falar sobre música (veja bem: só sobre música), nós sempre paramos para ouvir, prontos para assimilar os seus ensinamentos. O último deles foi dado em uma entrevista ao repórter Jon Caramanica, do jornal New York Times, a quem confessou seus novos projetos.

“Deixar de ser o ‘governante’, ‘rei’, perder a ‘coroa’? (Com o cancelamento da turnê do disco Life of Pablo), cheguei em um momento que eu fiquei tipo, OK, você não é o rapper número 1, Drake é o rapper número 1, mas você pode ser o número 1 com sapatos, ou outras coisas”, disse Kanye.

Se um ser megalomaníaco como Kanye West jogou a toalha em uma disputa, só pode ter muitos bons motivos. No caso de Drake, eles são traduzidos em números extraodinários, cada vez mais recheados após o lançamento do seu disco mais recente, Scorpion. Yeezus está novamente certo. No show business, não há artista páreo, hoje, para o canadense.

O artista com mais músicas digitais vendidas na história dos EUA

Com Scorpion, Drake superou ninguém menos do que Rihanna (seu eterno affair), antiga dona do posto, com 124 milhões de unidades certificadas vendidas. Após o lançamento de Scorpion, o canadense chegou ao número de 142 milhões de músicas, na proporção de 150 reproduções para uma venda.

Recorde dos Beatles batido

Com Scorpion, Drake colocou incríveis sete músicas no Top 10 da parada de singles Billboard Hot 100: “Nice for What”, “Nonstop”, “God’s Plan”, “In My Feelings”, “I’m Upset”, “Emotionless” e “Don’t Matter to Me” (que conta com a participação póstuma de Michael Jackson). O número supera um antigo recorde dos Beatles, mantido desde 1964, quando a banda colocou cinco músicas no mesmo ranking de mais tocadas.

1 bilhão de reproduções de Scorpion na semana de lançamento

Pela primeira vez na história, um álbum atinge essa marca. A informação é da gravadora de Drake, a Republic Records. O recorde anterior pertencia a Post Malone, com quase 700 milhões de reproduções, com  o seu “beerbongs & bentleys”, lançado em maio deste ano.

Drake superou a si mesmo

Sem concorrentes, como bem observou Kanye West, Drake agora começa a quebrar seus antigos recordes. Neste ano, todas as 25 músicas de Scorpion foram parar no Hot 100 da Billboard. Com o acréscimo das participações nos singles de Lil Baby (“Yes Indeed”) e 2 Chainz / Quavo (“Bigger> You”), o rapper chegou a 27 faixas no ranking, superando sua antiga marca – em 2017, com o álbum “More Life”, ele havia colocado 24 faixas no chart, simultaneamente.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários