Para Loro Bardot, tocar nas rádios é ‘sonho de princesa’ – GQ

3

Ela é um rouxinol da canção. De timbre aveludado, Loro Bardot pode ser ouvida em “Silent Night”, a música-tema da série Assédio, da Globo, ou na versão de “If You Hold a Stone”, de Caetano Veloso. Café dos Pássaros é seu primeiro EP (de 2016). Ouça “Broken Note” em um momento de calmaria – e aproveite para conhecer nossa playlist.

Com vocês, Loro Bardot. (1.471 seguidores / 34.171 visualizações)

GQ Brasil – Disco, digital, YouTube ou show?

Loro Bardot – Há uns tempos atrás eu preferia YouTube para jogar as minhas coisas e falar sobre a minha música. Hoje eu prefiro show porque a interação com o público é a coisa mais gostosa do mundo.

GQ Brasil – Música que você está ouvindo agora?

Loro Bardot – Tô ouvindo a música Vesna, do grupo DakhaBrakha

GQ Brasil – O featuring perfeito com você seria com quem?

Loro Bardot – Eu tenho vontade de cantar com três pessoas hoje em dia, com um compositor/pianista chamado Vitor Araújo, com a compositora/cantora Geo e com a Lina Tag.

GQ Brasil – Um look ideal pra show seria?

Loro Bardot – Percebi que me sinto mais à vontade se eu estou vestida da maneira mais simples: uma calça jeans, descalça e uma camisa, e isso já faz meu som.

+ MC Tha sobre as redes: ‘Tento ser a mesma pessoa no Instagram e na vida’
+ Fenômeno do funk, MC Kekel guarda Rita Lee na memória

GQ Brasil – Sua vida é um Instagram aberto? Comente?

Loro Bardot – (risos) Depende. Hoje em dia é bem mais. Falo as coisas sem medo porque como já diria MV Bill “se for pra passar pano quente, prefiro o isqueiro e tacar fogo”. Mas tem certas coisas que a internet não precisa saber.

GQ Brasil – Pagaria para tocar nas rádios ou pagaria para ter mais seguidores?

Loro Bardot – Acho que para tocar na rádio porque é meu sonho de princesa.

GQ Brasil – Já escreveu música pra conquistar alguém? Deu certo?

Loro Bardot – Tô pensando aqui em alguma música que eu fiz que não foi pra isso; e geralmente dá certo.

GQ Brasil – Um disco clássico? Um guilty pleasure?

Loro Bardot – Sound and Color, Alabama Shakes, e Voulez-vous (1979), ABBA.

GQ Brasil – Uma música pra cantar no banho?

Loro Bardot – Touch me do The Doors.

Fotógrafo Pedro Dimitrow
Stylist Luiz Bonassoli
Grooming Roni Modesto
Assistentes de Fotografia  Adrian Ikematsu
e Thaisa Nogueira

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários