Pasta de amendoim engorda? Nutricionista responde 10 perguntas mais comuns sobre o alimento – GQ

12

Pasta de amendoim (Foto: Getty Images)

Nos Estados Unidos, ela sempre fez sucesso, mas recentemente a pasta de amendoim caiu nas graças do público brasileiro também. Hoje em dia, não é difícil encontrar potes [enormes] do suplemento em supermercados, farmácias e até em academias.

Suas propriedades nutricionais incluem grande quantidade de vitamina E (que possui ação antioxidante, combatendo os radicais livres) e resveratrol (mesmo nutriente encontrado no vinho). Talvez por isso, o alimento acabou ganhando fama de funcional – o que não significa que seu consumo esteja liberado sem moderação. O suplemento é rico em gorduras boas que combatem o colesterol ruim (LDL).

Segundo Thaise Costa, nutricionista da marca Tia Sônia, de alimentos funcionais, os benefícios “são adquiridos quando consumidos de forma correta e associados com um plano alimentar equilibrado e balanceado”. Ainda assim, dada a confusão que rondam os alimentos funcionais, muitas das dúvidas envolvendo a pasta de amendoim têm a ver com seu impacto nas dietas e nos treinos. Sabendo disso, GQ reuniu as 10 questões mais comuns sobre o tema no Google e enviou à Thaise. Confira as respostas abaixo:

Pasta de amendoim engorda?

Assim como todo produto feito com base de oleaginosas, a pasta de amendoim deve ser consumida com moderação e restrição, para que não ocorra acúmulo de gordura decorrente ao consumo exagerado. Quando consumida adequadamente, pode ser aliada na perda de peso e gordura.

Pasta de amendoim: quanto comer por dia?

A indicação é comer até 2 colheres de sopa por dia, mas tudo depende da rotina alimentar que a pessoa tem, portanto, é necessário consultar um nutricionista que fornecerá a quantidade adequada de consumo por dia.

Pasta de amendoim tem açúcar?

Algumas marcas utilizam açúcar na produção, outras preferem utilizar ingredientes mais naturais e orgânicos, como o açúcar de coco. Por isso, é necessário verificar a embalagem com as informações nutricionais antes do consumo.

Pasta de amendoim (Foto: Getty Images)

Pasta de amendoim tem colesterol?

A pasta de amendoim, assim como qualquer oleaginosa, apresenta nutrientes que diminui o colesterol ruim (LDL) e matem elevado o colesterol bom (HDL).

Pasta de amendoim tem que ficar na geladeira?

A pasta de amendoim adquirida no mercado, que possui aditivos aprovados pela ANVISA, pode ser mantida em temperatura ambiente, em local seco e arejado.

Pasta de amendoim tem carboidrato?

A pasta de amendoim tem um baixo nível de carboidrato, que são considerados como carboidratos de qualidade e que não interferem na dieta, quando consumidos de maneira adequada.

Pasta de amendoim (Foto: Getty Images)

Pasta de amendoim solta o intestino?

Por possuir uma grande quantidade de fibras em sua composição, a pasta de amendoim pode auxiliar na regulação do intestino.

Pasta de amendoim: quanto tempo antes do treino?

A pasta de amendoim pode ser consumida até 1h antes do treino para gerar os benefícios funcionais adequados.

Pasta de amendoim pré-treino: funciona?

A pasta de amendoim pode ser uma ótima opção tanto para o pré quanto para o pós-treino, por ser uma boa fonte de energia antes do exercício e também conter resveratrol, que auxilia na recuperação do músculo depois do esforço.

Pasta de amendoim dá espinha?

Por conter óleos e gorduras naturais, a pasta de amendoim, quando consumida de maneira inadequada, pode causar oleosidade e gerar espinhas. Quando consumida de maneira eficiente, não interfere na saúde da pele.

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários