Pegando carona na Copa 2018 conheça a técnica “volume russo” para a simetria do rosto – Notas – Glamurama

8

Kim Kardashian é adepta do volume russo || Créditos: Reprodução Instagram

São muitas as celebridades que aderiram à extensão de cílios dar aquele up no visual. Entre elas, Isis Valverde, Deborah Secco, Giovanna Ewbank, Fernanda Souza, Fernanda Paes Leme, Xuxa, Fernanda Vasconcellos, sem falar das estrelas internacionais, como Kim Kardashian e Katy Perry.

Uma das técnicas, batizada ‘volume russo’, garante muito volume e alongamento nos cílios. Um bom truque também para disfarçar as pálpebras caídas. O processo de colocação requer cuidado e pode levar até 2h30: os fios ultrafinos são colados de forma quase artesanal junto ao fio natural – com certo distanciamento da pele para que os cílios naturais continuem crescendo. A manutenção deve ser feita cerca de 30 dias após a primeira sessão.

“O procedimento volume russo é minucioso e ótimo para quem deseja se livrar do rímel, e tem a opção de aplicar também nos cílios inferiores”, explicou a esteticista Tássia Bertolli, do Jacques Janine.

Cuidados x benefícios

O mais indicado é apostar, no máximo, em duas manutenções, remover e só depois investir em uma nova aplicação. Isso porque os cílios crescem e a extensão acaba ficando muito distante da raiz, o que esteticamente não é bonito. A remoção é fácil, não prejudica os fios nem causa dor. Um dos benefícios da técnica é parar de usar rímel já que muitos produtos apresentam composição à base de petrolato ou outras substâncias que podem fazer mal ao organismo.

Nada de usar demaquilante após o procedimento, ok? Evite esfregar os olhos e lave-os uma vez ao dia com shampoo neutro de bebê para remover a oleosidade natural das pálpebras. Ficou curiosa? O preço médio da aplicação é R$360 e a manutenção sai em torno de R$ 180.

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários