Peles – ainda? – e plásticos ganham múltiplas interpretações no verão da Fendi – Moda – Glamurama

9

Desfile primavera/verão 19 da Fendi || Créditos: Getty Images

O segundo dia da semana de moda de Milão, nesta quinta-feira, foi marcado pelo desfile da Fendi. Sob direção criativa de Karl Lagerfeld e Silvia Venturini, a marca se coloca como uma das mais interessantes da temporada de primavera/verão 2019, até agora, trazendo a rua para seu DNA.

Pontuada pela introdução do streetwear, do militar e do athleisure ao sofisticado guarda-roupa da mulher Fendi, a coleção trabalha o plástico e a pele – material um tanto ultrapassado e polêmico em tempos sustentáveis e ecologicamente corretos – com tecidos diversos, a gosto de sua clientela. Bolsos pesados aplicados a saias, blazers e casacos dão peso a looks femininos, e a funcionalidade “fala alto” nos acessórios da temporada, com direito a muitas belt bags e bolsas transversais – quem se lembra? Os óculos de sol com armação de poás são irresistíveis.

Jaquetas de pele combinadas a bermudas bikers podem parecer too much, concordamos em discordar, enquanto a saia plissada ganha status de must da temporada. A cartela de cores é dominada por beges, como a Burberry, mas também destaca jeans com lavagem escura e um laranja vibrante – a nova cor trazida pelo kaiser à marca. A coleção também destaca estampas étnicas, outra tendência da temporada representando um senso de união cultural, e aposta na cintura mais que marcada, pressionada, como também vimos em outras coleções.

Abaixo, fotos e vídeo do desfile.