Preocupado com o meio ambiente? Seu sneaker pode ser o problema – GQ

5

Sneakers: vilões ambientais? (Foto: Getty Images)

Em 2018, o mundo produziu mais de 24 bilhões de pares de calçados. Destes, 2 bilhões foram vendidos apenas nos Estados unidos, com uma média de 7 pares por habitante do país. O destino final da maioria deles? O lixo. Olhar para os tênis e sapatos como um problema ambiental é o ponto de partida do novo episódio de The Story of Plastic, série do National Geographic sobre o consumo de plástico no mundo.

Segundo o seriado, a cultura sneaker pode ser responsável por parte da poluição de plásticos e resina no mundo. O aumento do consumo, por exemplo, seria um dos motivos centrais para isso. Mas a maior dificuldade estaria na dificuldade para a reciclagem, posto que um mesmo tênis, por exemplo, utiliza muitos e diferentes materiais (a maioria deles de plástico). A primeira solução para o impasse, para desgosto dos sneakerheads, seria comprar menos calçados. Pois é.

+ Impacto ambiental: carnívoros e vegetarianos precisam se tornar veganos?
+ Impacto ambiental: qual é o problema real com a reciclagem doméstica?

É claro que, falando de uma indústria crescente como essa, é importante falar também de inovação. Assim, a série também aponta para a busca por calçados feitos de componentes naturais como parte de uma solução ambiental. Outra saída seria pressionar as marcas a lançarem sapatos feitos com um mesmo material, o que facilitaria a sua reciclagem.


The Story of Plastic (Foto: Reprodução)

E o que o mundo já tem em vista nesse sentido? Iniciativas sustentáveis como o Futurecraft Loop, lançado pela adidas em 2019 (e feito exclusivamente de poliuretano termoplástico) seria uma saída parcialmente sustentável. Mas os limites seriam incalculáveis.

The Story of Plastic está disponível apenas em inglês junto a uma extensa reportagem sobre o tema. O vídeo ainda tem depoimentos de especialistas como D’Wayne Edwards, da Pensole Footwear Design Academy, e Nicoline van Enter.

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários