Quarto dia de SPFW é marcado por estreias e clássicos da moda brasileira – Moda – Glamurama

5

Nessa quarta-feira rolou no espaço Arca, na Vila Leopoldina, o quarto dia consecutivo do SPFW, que apresentou algumas marcas queridinhas do público fashion como Gloria Coelho e Lino Villaventura, além da estreante no evento Bobstore. Na nossa lista de desejos estão peças em couro e vestidos longos e fluídos. Quer mais? Continue lendo para descobrir.

GLORIA COELHO

O leque criativo de Gloria Coelho está cada vez mais aberto. Para sua coleção de inverno 2019, a estilista passeia por diversas décadas – anos 60, 70, 80, 90, 00 – até chegar aos tempos atuais. Toda essa viagem é para retratar o desejo de moda para os dias de hoje. Entre as peças para ficar de olho estão os vestidos que podem ser usados soltos ou estruturados e as calças com detalhes frontais em zíper. Dos anos 1970 chegam as flores e os jardins, uma alusão ao estilo hippie-chic.

Desfile Gloria Coelho || Créditos: Agencia Fotosite

BOBSTORE

A Bobstore fez sua estreia no SPFW com a coleção outono-inverno 2019, inspirada na obra da pintora americana Georgia O’Keefee. Os estilistas André Boffano e Samuel Santos apresentaram o DNA elegante e acolhedor da marca com um olhar contemporâneo, com muitas referências do western e destaque para o tricô, o couro e a camurça

Desfile Bobstore || Créditos: Divulgação

LINO VILLAVENTURA

Lino Villaventura apresentou roupas – boa parte feitas à mão – com personalidade, autorais e pensadas para ocasiões especiais. Suas propostas para o verão são as nervuras, os frisos, os plissados e os jacquards, que aparecem até nos vestidos de festa. Pode apostar nas assimetrias, decotes, ombros de fora e muito volume. Destaque para a blusa turquesa de cetim de seda e o vestido longo amarelo. Queremos já!

Desfile Lino Villaventura || Créditos: Agencia Fotosite

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários