Radar GQ: o que fazer no fim de semana de 13 a 15 de setembro – GQ

29

Dia da Cachaça


O drink Dente de Leão, à base de cachaça envelhecida (Foto: Mario Rodrigues/Divulgação)

Em homenagem ao Dia Nacional da Cachaça, Ypióca promove ativações em São Paulo de 13 a 15 de setembro. Bares como Apothek, Vista, Jacarandá, Raiz, Orfeu e Mocotó apresentarão drinks especiais feitos pelos mais renomados bartenders do Brasil, feitos com a linha Premium da marca – Ypióca 150, Ypióca 160 e Ypióca Cinco Chaves.
*
Outras ações em homenagem à mais brasileira das bebidas acontecem na a Casa do Don, em Moema, com double caipirinha; e drinques especiais no Astor JK, no Caulí Bar, no Original e no Mule Mule Muleria.
*
No Rio, a Churrascaria Palace vai oferecer 20% de desconto em todos os drinques com cachaça e nos menus degustação de cachaças (são 5 opções de degustação de cachaças selecionadas, cada um com 5 doses diferentes de 30ml cada); o Beef Bar Escondido oferecerá dose dupla de caipirinhas; e o Julieta Bar, na Casa de Arte e Cultura Julieta de Serpa, também tem double de todas as bebidas com cachaça, incluindo o coquetel Pindorama, criação do Barman Daniel Milão com tamarindo, maracujá e mel.

O que fazer em São Paulo?

Sexta-feira, 13


Pânico, de Wes Craven (Foto: Reprodução)

“Yo no creo en brujas, pero que las hay, las hay”. O ditado espanhol é perfeito para ilustrar o espírito da sexta-feira 13, o dia em que a bruxa está à solta. Acreditando ou não, é também a chance de passar um medo bom em alguns cinemas de São Paulo, que prepararam sessões especiais dedicadas ao terror. No CineSESC, a pedida é a trilogia Pânico, clássico recente e cult do mestre do horror, Wes Craven. No MIS, a noite ganha bons títulos contemporâneos, como Corra! e Nós, ambos de Jordan Peele, e o aterrorizante Mãe, de Darren Aronofsky. E o Noitão Belas Artes traz às telas o sueco O Mal Não Espera a Noite – Midsommar, O Bebê de Rosemary e Coração Satânico. Difícil será dormir depois de tudo isso.

Cinema em Pânico
Quando? Sexta-feira, das 19h às 23h30
Ingressos: Até R$ 12
Onde? CineSesc – Rua Augusta, 2075, Cerqueira César

Sexta-Feira 13 no MIS – Terror Contemporâneo
Quando? Sexta-feira, das 23h às 4h
Entrada gratuita.
Onde? MIS SP – Avenida Europa, 158, Jardim Europa

Noitão – Sexta da Seita
Quando? Sexta-feira, das 23h30 às 7h30
Ingressos: R$ 38
Onde? Petra Belas Artes – Rua da Consolação, 2423, Consolação

Festival Red Bull Basement
Um dos eventos de tecnologia mais esperados do ano chega a sua quinta edição. É o Festival Red Bull Basement, que acontece sábado (14) na Praça da Bandeira, no Centro. Por lá, debates, oficinas, exposição e exibições de filmes são algumas das atrações que vão tomar conta do Red Bull Station discutindo como projetos tecnológicos interagem com questões sociais. Com o tema “Visualizações de Mundos”, o festival tem curadoria do artista visual Claudio Bueno e reflete sobre a multiplicidade de saberes, corpos, tempos, espaços e modos de vida existentes. Ao longo do dia (o evento vai das 10h às 20h) serão atividades, talks, workshops e exposições que elaboram e constroem diferentes maneiras de ver e processar informações nos dias de hoje.

Quando? 14 de setembro, das 10h às 20h.
Onde? Red Bull Station. Praça da Bandeira, 137, Centro.

O que fazer no Rio?


Num grande acordo nacional, obra de Sarah Morris em exposição na Carpintaria (Foto: Divulgação)

Sarah Morris na Carpintaria
A artista britânica radicada em Nova York Sarah Morris está em cartaz na Carpintaria, espaço exposito do galeria Fortes D’Aloia & Gabriel no Jockey Club do Rio, com a exposição Today we find ourselves at an impasse. São oito pinturas inéditas, além de seis desenhos sobre pôsteres de filmes históricos. Como parte do MIRA, projeto especial da ArtRio dedicado à videoarte, haverá nesta quinta-feira, dia 19/09, a exibição do filme Rio com a presença da artista, que registrou locais da cidade como o escritório do arquiteto Oscar Niemeyer ainda antes de sua morte.

Sarah Morris | Today we find ourselves at an impasse
Carpintaria: Rua Jardim Botânico 971 | 22470-051

O que ouvir?

Para sempre Metronomy


Metronomy (Foto: Divulgação)

Foram três anos de espera, mas valeu a pena: o Metronomy divulgou na última sexta-feira seu sexto álbum de estúdio, Metronomy Forever. Mais longo da carreira do grupo britânico, o disco chega com 17 faixas, incluindo as já reveladas “Lately”, “Salted Caramel Ice Cream” e “Wedding Bells”. Conforme revelou um post no Instagram da banda, trata-se possivelmente do melhor disco da história do grupo, que retoma as origens electro-indie e até mesmo algumas faixas instrumentais, mais correntes no início da carreira. Certamente, o lançamento mais cool do fim de semana!

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários