Radar GQ: O que fazer no fim de semana de 26 a 28.07 – GQ

9

O que fazer em São Paulo?

Treme-treme em dose dupla
O Mundo Pensante vira palco de um encontro que vai tremer São Paulo: a festa Je Treme completa cinco anos e comemora com um festão nessa sexta-feira (26). O anfitrião é o paraense Jaloo, que, para a ocasião, recebe a funkeira MC Tha. O resultado é um electro-funk-tecno-pop-brega brasileiríssimo que vai embalar a pista entre doses generosas de jambu. Nos intervalos, os DJs Madruga e Tide mantêm altos os decibéis que vão vibrar a Bela Vista.

Jaloo (Foto: Pedro Dimitrow)

Quando? 26.07 (sexta-feira), a partir das 23h
Onde? Mundo Pensante. Rua Treze de Maio, 830 – Bela Vista
Ingressos: R$ 40 (porta)

Piscininha tropical
Noite de calor no Sumaré, com a primeira edição da Calefação Tropicaos na simpaticíssima Casa Híbrida. Na pista, os DJs Tauí, Simoníssima e Astronauta Sertanejo tropicalizam os convidados, enquanto do lado de fora a atração é a piscininha amor, boa para mergulhar nesses dias que não se decidem se ainda é inverno ou se já é verão em essepê.

A piscininha da Casa Híbrida – de dia (Foto: Divulgação)

Quando? 26.07 (sexta-feira), a partir das 22h
Ingressos: R$ 25 (na porta)
Onde? Casa Híbrida. Avenida Doutor Arnaldo, 1620 – Sumaré.

O que fazer no Rio de Janeiro?

Ode ao NE
O Brasil é Nordeste, sim senhor! E nesse fim de semana a região-mãe da cultura brasileira é exaltada com A invenção do Nordeste, espetáculo premiadíssimo do potiguar Grupo Carmin. Resultado de dois anos de pesquisa, a peça parte de uma série de reações xenófobas contra os nordestinos durante as eleições presidenciais de 2014 para explorar – e desconstruir – os muitos estereótipos atribuídos a seu povo. A seriedade da pauta é somente paralela ao humor assertivo do grupo dirigido por Quitéria Kelly – uma reflexão ensolarada em tempos de intolerância obscura.

“A Invenção do Nordeste” (Foto: Divulgação)

Quando? Sexta-feira (26) e sábado (27), às 19h. Domingo (28), às 18h
Onde? Teatro Carlos Gomes. Praça Tiradentes, s/n° – Centro
Ingressos: R$ 40

O que ouvir?

In english, please!
Falando em encontros bombásticos, o lançamento da semana vem com sotaque britânico. Pabllo Vittar liberou nessa quinta-feira (25) o single “Flash Pose”, em parceria com Charlie XCX. A novidade vem em uma esteira de collabs de sucesso da drag maranhense, que inclui faixas com Luiza Sonza, Emicida e Majur – apenas nas últimas semanas. Dessa vez, porém, ela assume um inglês impecável para um hit absolutamente dançante, que flerta com o nu-disco noventista, mas com roupagem 100% renovada. A melhor parte é que o duo deve se repetir na faixa “Shake it”, que vai entrar no novo álbum de XCX, Charlie. Até lá, porém, nos contentamos (e muito) com o puro suco de bate-cabelo que as duas prepararam. Dá o play!

O que comer?

Para fazer em casa
Falar de Lindt é meio chover no molhado, mas a marca suíça se superou novamente. Dessa vez com a linha Patisserie, um sucesso no ano passado, que volta renovada às prateleiras da marca. Ao todo são seis produtos, que incluem dois pudins (de chocolate ao leite e de chocolate dark 70%), dois preparos para chocolate quente, uma mousse de chocolate, além do cacau em pó. A ideia é replicar em casa o sabor inconfundível da marca, com receitas que pedem poucos ingredientes adicionais. Seja em uma caneca caprichada em uma noite fria ou na sobremesa de domingo do almoço da família, a linha é promessa de sucesso!
Preço: de R$ 19,90 a R$ 25,90.

O que ver?

#OrangeForever
Foram sete anos, três centros de detenção e dezenas de personagens icônicas. Agora, Orange is the New Black retoma o fôlego para sua temporada final. E dessa vez está mais atual do que nunca, colocando em no centro da trama temas como a imigração e a comunidade latina (pautas ainda mais em voga em tempos de era Trump). Um dos primeiros sucessos originais da Netflix, OITNB passou por altos e baixos para chegar até aqui, mas o capítulo final promete boas surpresas para o público, ainda que *alerta de spoiler* não tão boas para algumas personagens. Em um ano marcado por encerramentos questionáveis (ver Game of Thrones e Big Little Lies), as detentas de Litchfield ganham um grand finale digno de respeito.

 

"Orange is the New Black" (Foto: Reprodução)

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários