Receita: esta costelinha apimentada é para quem procura o petisco ideal de verão – GQ

9

Quando o assunto é verão, comer leve é recomendado – e não faltam ótimos pratos e harmonizações para tal. Mas no caso de uma cerveja com amigos, um preparo mais rico em gordura antes dos brindes ou no decorrer deles pode ser útil para retardar a absorção – e portanto alguns efeitos – do álcool.

Abaixo, trazemos uma receita pensada pela equipe do Braugarten para acompanhar a gelada neste verão.

Costelinhas suínas assadas, empanadas e fritas ao molho de pimenta agridoce

1kg costelinha suína fresca
1 cabeça de alho
1 limão
Pimenta do reino, sal e pimenta calabresa a gosto.
Batter dissolvido no leite
Farinha Panko

Umas 2 horas antes de servir, amasse o alho, sal, a pimenta do reino e a pimenta calabresa. Esprema o limão junto e coloque na costelinha. Deixe descansar.

Coloque a costelinha em uma assadeira junto com os temperos. Cubra com papel alumínio e asse em forno pré-aquecido 180°. Asse por mais ou menos 1 hora ou até que fique bem macia. Tire o papel alumínio e deixe ela dourar. Retire do forno e corte entre os ossos. Empanar com o batter com leite e farinha panko. Fritar até ficar dourada.

+ 8 vinhos perfeitos para degustar no verão
+ Gazpacho: a receita refrescante para vencer o calor
+ Gastronomia nua e crua: as melhores opções frescas de São Paulo

Molho de pimenta agridoce

150 gramas de pimenta malagueta sem semente cortada fininha
3 dentes de alho
1 xícara de açúcar
2 xícaras de água
1/2 xícara de vinagre
2 colheres de amido de milho dissolvidas em 1/2 xícara de água
 

Junte a pimenta, os dentes de alho, o vinagre, o açúcar, e a água na panela.
Deixe ferver, abaixe o fogo e deixe apurar bem.

Por fim acrescente aos poucos as duas colheres de sopa de amido de milho dissolvidas em meia xícara de água.

Misture bem.

Coloque o molho de pimenta na quantidade que desejar por cima das costelinhas na hora de servir .

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários