Revista Náutica >> Simeon Tienpont volta a comandar team AkzoNobel

30
Foto: Jesus Renedo

O holandês Simeon Tienpont retorna ao posto de comandante do team AkzoNobel para a primeira etapa da Volvo Ocean Race entre Alicante e Lisboa. Neste domingo (22), a comissão de regata da Volta ao Mundo aprovou a nova tripulação para a perna de 1 450 milhas náuticas. Dos brasileiros previamente escalados, apenas Martine Grael ficou. Joca Signorini está fora. A formação atendeu aos requerimentos de segurança, idade e gênero exigidos no Aviso de Regata.

Team Akzonobel para primeira etapa

Simeon Tienpont – comandante
Ross Monson – navegador
Brad Farrand
Antonio Fontes
Martine Grael
Luke Molloy
Emily Nagel
Nicolai Sehested

A equipe continuou se preparando mesmo após o afastamento de Simeon Tienpont. O velejador foi substituído pelo comandante Brad Jackson no fim de semana passado. Na sexta-feira (20), Tienpont ganhou na justiça o direito de retornar ao time, mas apenas horas antes da largada deste domingo enviou a lista atualizada da tripulação.

Em um comunicado divulgado pela equipe, Tienpont comentou: “Foi obviamente um período muito difícil para todos os envolvidos desde que chegamos aqui em Alicante há 10 dias. Cheguei agora a um acordo com a AkzoNobel e todas as partes agora vão deixar a situação no passado e focar na campanha da Volvo Ocean Race 2017-18.

“Gostaria de agradecer Brad Jackson por ter liderado esse desafio de manter a equipe AkzoNobel se preparando para a regara. Agradeço também ao Joca Signorini e ao Jules Salter por suas contribuições na campanha, além do Roma Kirby. Agradecemos ao dono da equipe Sun Hung Kai Scallywag, Seng Huang Lee, e ao comandante David Witt por nos ter emprestado Antonio Fontes para a primeira etapa. Pessoalmente, estou aliviado por estar de volta com a minha equipe e ansioso por começar a campanha Volvo Ocean Race”.

Fonte Oficial: http://www.nautica.com.br/simeon-tienpont-volta-a-comandar-team-akzonobel/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários