Saúde: 50% dos homens só vão ao médico com sintomas avançados – GQ

6

Homens de plantão: quantas você foi ao médico nos últimos 12 meses? Acha que deveria fazer isso com mais frequência? Os médicos acham. Uma pesquisa realizada pelo Centro de Referência em Saúde do Homem mostrou que 70% das pessoas do sexo masculino vão a consultas médicas acompanhados das mulheres ou dos filhos. Além disso, mais de 50% dos homens só procuram tratamento quando algum sintoma atrapalha muito a rotina ou então eles só vão aos consultórios com doenças em estágio avançado, quando já existe a necessidade de intervenções cirúrgicas. Só no ano passado, os homens fizeram 80 milhões de consultas a menos que elas, segundo dados do Ministério da Saúde. Mesmo com um leque de informações e novas tecnologias, eles ainda negligenciam (e muito) os cuidados com a própria saúde. Resultado: eles vivem em torno de sete anos a menos que as mulheres.
“O preconceito e o tabu que cercam os homens são os maiores inimigos no diagnóstico de doenças, principalmente no caso do câncer de próstata, que é o segundo mais comum no Brasil”, explica o urologista Mauricio Rubinstein, professor doutor em medicina pela UERJ e presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Minimamente Invasiva e Robótica no RJ (SOBRACIL). Além dos fatores genéticos, a obesidade, o sedentarismo e o tabagismo são outras causas muito comuns que influenciam no surgimento de doenças.

Existem alguns cuidados e exames que os homens devem realizar em todas as fases da vida, não apenas quando surgem doenças ou quando a idade chega. São eles:

Prevenção

Após os 40, a realização de check-ups precisa ser realizado pelo menos uma vez ao ano, sendo fundamental para prevenir as principais doenças que afetam os homens, como hipertensão, problemas cardiovascular e no pulmão, câncer de próstata, problemas nos rins e na bexiga, alterações hormonais, cálculos renais, além do crescimento benigno da próstata.

Autoexame testicular

O autoexame pode ser realizado ainda na adolescência, a partir dos 15 anos. É preciso apalpar os testículos para ter certeza de que não há alterações e crescimentos anormais na região. Em caso de aparecimento de caroços ou veias protuberantes nos testículos é necessário procurar um urologista.

+ Infarto e AVC são os maiores responsáveis por mortes em todo o mundo

+ 11 perguntas e respostas que vão tirar suas dúvidas sobre hipotireoidismo

+ Tabaco é culpado por 90% dos casos de câncer de pulmão

Próstata

O toque retal, onde o médico verifica o tamanho da glândula, normalmente é acompanhado pelo PSA, exame de sangue que mede as substâncias produzidas por células da próstata e sua elevação pode significar problemas. Esses exames são de extrema importância para o diagnóstico precoce do câncer de próstata e devem ser feitos anualmente pelos homens com mais de 45 anos. “A grande maioria dos casos é diagnosticado precocemente, através da prevenção e não necessariamente são descobertos pelos sintomas. A realização desses exames é essencial para identificar o problema e iniciar o tratamento”, explica Mauricio Rubinstein.

Colonoscopia

Em casos de câncer no reto ou intestino grosso, a colonoscopia serve para dar o diagnóstico e entra na rotina masculina após os 50 anos. Um tubo ótico filma e analisa toda a mucosa intestinal, verificando se há alterações ou feridas.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários