“Sou corajoso, só não me exponho à toa”, disse Silva sobre vida nas redes sociais – GQ

5

Com seis anos de carreira e mais conhecido do que nunca, Silva, o cantor capixaba, parece ter chegado a uma questão central em sua vida: como é possível ser si mesmo e famoso ao mesmo tempo? Ele é um dos 30 rostos que formam o GQ Vozes de novembro. Conheça Silva abaixo:

+ ‘Bem basiquinho’, Castello Branco diz que sucesso virtual deve ser embasado pelo real
+ ‘Ficava com vergonha de mostrar’, diz Chico Brown sobre músicas feitas para conquistar alguém

Disco, digital, YouTube ou show?
Disco, mas confesso que estou sem um aparelho decente que toque discos (risos). Mas o digital salva minha vida, ainda mais agora que vivo na estrada.

Música que você está ouvindo agora?
Estrela Estrela, cantada por Gal.

O featuring perfeito com você seria com quem?
Daft Punk + Chilly Gonzales + Elba Ramalho + Herbie Hancock.

Um look ideal pra show seria?
Um que faça a gente se sentir seguro, confortável e que combine com o clima da música do show.

Sua vida é um Instagram aberto?
Um pouco. Me acho bem transparente. Por exemplo, não me lembro de me recusar a responder nenhuma pergunta pra imprensa. Sou corajoso, só não me exponho à toa.

Pagaria para tocar nas rádios ou pagaria para ter mais seguidores?
Acho que nenhum dos dois, mas se eu fosse muito rico eu compraria uma rádio só para tocar as músicas que mais gosto.

Já escreveu música pra conquistar alguém? Deu certo?
Várias! Algumas deram certo, mas me lembro de uma que deu muito errado. Era para uma menina da escola, que achou a música super esquisita e me disse logo em seguida. Hoje eu prefiro escrever pensando em vários “alguéns”.

Um disco clássico? Um guilty pleasure?
Amoroso, do João Gilberto. Pra mim é o clássico dos clássicos. Guilty pleasure eu diria que o Rainbow, da Mariah Carey

Uma música pra cantar no banho?
Bloco Do Prazer, do Moraes Moreira. Adoro música de carnaval no banho.

Qual o verso mais sexy de todos os tempos?
Pensei dez minutos aqui e não consigo decidir. Desisto!

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários