Testículos inchados: O que isso significa? – GQ

20

Você tá dando aquela conferida no seu melhor amigo e percebe que os testículos estão inchados. Existem uma série de possíveis causas para a mudança de aspecto das glândulas sexuais. Vamos listar as principais, mas sempre procure um urologista para resolver o problema.

Hérnia escrotal
Nas pessoas que apresentam pré-condições, o esforço físico excessivo pode provocar a hérnia na região do abdômen, algo que atinge até 8% dos brasileiros. A hérnia inguinal (virilha) ocorre quando um pedaço do intestino encontra um ponto fraco e passa pela musculatura do abdômen, causando uma protuberância na virilha e dor constante. Caso não seja tratado, ela pode descer para o escroto pelo canal inguinal, provocando inchaço dos testículos. Nos casos mais graves, leva à infertilidade. O tratamento padrão é a cirurgia de correção da hérnia.

Varicocele
As varizes nos testículos têm formato semelhante a um novelo de lã. As veias que drenam o sangue se dilatam e formam vários “fios” que podem ser visíveis a olho nu, dependendo do grau da lesão. Em 90% dos casos, atinge o testículo esquerdo. Em 45% é bilateral, mas raramente afeta somente o lado direito. Estima-se que cerca de 15% dos homens, a maioria entre 15 a 25 anos, sofram deste mal. Na maioria das vezes, não apresenta outros sintomas físicos, mas pode ser acompanhada de uma sensação de peso e dor no escroto. A cirurgia é recomendada somente quando a varicocele causa incômodo e em homens que desejam ter filhos, pois há risco de infertilidade. Nos homens mais velhos, o procedimento não é recomendado.

Epididimite
É uma inflamação na ligação dos testículos com os canais que levam o espermatozoide para a uretra. A inflamação geralmente se deve a uma infecção bacteriana transmitida pelo sexo anal sem camisinha. O tratamento é feito com antibióticos (injeção e comprimidos) por 10 dias.

Hidrocele
É o acúmulo de líquido dentro do testículo, deixando um lado maior do que o outro. Também pode ser bilateral, quando os dois testículos ficam inchados. A boa notícia é que além da aparência diferente, não provoca dor, infertilidade e impotência. O líquido, semelhante a um soro, que deveria lubrificar os testículos, começa a se acumular quando há produção excessiva ou reabsorção insuficiente. É mais comum em bebês até um ano e em adultos acima dos 45 anos. Mesmo assim, é recomendado a ida ao urologista para eliminar as chances de outras doenças mais sérias.

Torção nos testículos
A torção ocorre quando o testículo gira em torno do próprio eixo, estrangulando o fluxo sanguíneo, o que pode causar grave lesão. Os primeiros sintomas são forte dor, inchaço e sensibilidade ao toque. Trata-se de uma emergência médica que precisa ser tratada em até 12 horas para evitar danos maiores, como a infertilidade. É preciso realizar uma cirurgia com anestesia geral para recolocar o testículo no local correto e retomar o fluxo sanguíneo.

Câncer nos testículos
O câncer no testículo representa apenas 5% dos casos da doença entre os homens. O principal sintoma é a presença de um nódulo endurecido ou massa escrotal, geralmente do lado direito. Se houver dor testicular, pode ser indício de hemorragia. Dor nas costas, tosse e edema indicam metástase. O tratamento prevê cirurgia via inguinal (virilha) para remoção do testículo afetado. Quando há metástase, o paciente recebe sessões de quimioterapia, seguida ou não de radioterapia. O tratamento pode provocar infertilidade definitiva ou temporária.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários