Tudo sobre 16, a bolsa mais desejada do momento criada por Hedi Slimane para Celine – Moda – Glamurama

13

Bolsa 16, que marca a estreia de Hedi Slimane na Celine || Créditos: Divulgação

A imagem que você vê acima não é apenas uma bolsa. É a tacada de mestre de Hedi Slimane para marcar sua chegada ao posto de diretor criativo da Celine. Não é para qualquer um criar um hit antes mesmo de apresentar a primeira coleção, e a estratégia parece inteligente, já que acessórios representam 65% do lucro total da marca.

Desde que Lady Gaga surgiu em seu Instagram usando a bolsa, batizada ’16’, no dia 30 de agosto, tornando-se a primeira celebridade a usar uma criação assinada por Hedi Slimane para a Celine, a label tem sido bombardeada de pedidos. Angelina Jolie está entre as celebs que já têm uma para chamar de sua.

Angelina Jolie e Lady Gaga com suas bolsas 16 da Celine

Curiosidades
A 16 foi criada por Slimane em seu primeiro dia de trabalho no QG da maison, mas a equipe levou seis meses para chegar à versão final, desenvolvendo meticulosamente cada detalhe. Para se ter ideia, foram testados 100 diferentes tipos de couro! O modelo estará disponível em três tamanhos e cinco cores a partir do dia 12 de novembro, por valores que vão de 2.900 euros (R$ 14 mil) a 3.500 euros (R$ 17 mil).

Versão na cor whisky da bolsa 16, que marca a estreia de Hedi Slimane na Celine || Créditos: Divulgação

Paralelamente à contagem regressiva para o primeiro desfile Celine por Hedi Slimane, que acontece em 28 de setembro, a casa francesa tem anunciado muitas mudanças. No dia 2 de setembro,  limpou sua página no Instagram e revelou um novo logotipo – sem acento sobre o primeiro “e”.

Em outubro seu site será redesenhado e relançado. O lançamento coincide com o início das vendas de seu e-commerce para os Estados Unidos – desde que passou a vender online, há 9 meses, a Celine já opera na França, Inglaterra, Itália e Alemanha.

No início deste ano, Bernard Arnault, CEO do conglomerado de luxo LVMH Moët Hennessy Louis Vuitton, que detém a Celine, anunciou que as vendas da marca francesa estavam perto de bater a marca de 1 bilhão de euros, colocando-a em um patamar mais próximo das labels mais rentáveis do grupo, como Louis Vuitton e Dior.
“O objetivo com a chegada de Hedi Slimane é bater 2 a 3 bilhões de euros, ou até mais, nos próximos cinco anos”, falou Arnault à imprensa.

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários