Tudo sobre Chloe X Halle, as protegidas de Beyoncé que ainda vão dar o que falar! – Notas – Glamurama

19

Chloe Bailey e Halle Bailey, da dupla Chloe x Halle || Créditos: Getty Images

O showbiz anda de olho em Chloe Bailey e Halle Bailey, da dupla Chloe x Halle, as irmãs de 20 e 18 anos, respectivamente, que foram indicadas pela primeira vez ao VMA – um dos principais prêmios da música – nas categorias: Artista Revelação, entregue para Cardi B e Artista Push do Ano, que foi dado para Hayley Kiyoko. Esse ano ainda foi marcado pelo lançamento do primeiro CD da dupla, além da apresentação no hypado Coachella.

A fama, na verdade, já é um sonho antigo. Elas “apareceram” ainda crianças – Halle tinha 13 anos e Chloe 11 – quando criaram um canal no Youtube para postar seus covers – o primeiro deles foi “Best Thing I Never Had“, de Beyoncé. Aos poucos foram conquistando a audiência, até que, em 2013, chamaram a atenção da própria cantora, que assistiu ao vídeo de “Pretty Hurts“, um de seus grandes sucessos. Beyoncé, que não é boba, as convidou para assinarem um contrato com sua gravadora, a Parkwood Entertainment, e passou a ser mentora delas, com um conselho dos bons: “As músicas de vocês estão à frente deste tempo e precisamos mais disso.(…) Não desistam de sua arte.”

Chloe Bailey e Halle Bailey da dupla Chloe x Halle se apresentando no Coachella 2018 || Créditos: Getty Images

Naquele mesmo ano, Halle e Chloe mudaram com os pais de Atlanta para Los Angeles em busca da boa cena musical da cidade. Desde então, as portas começaram a se abrir. Elas já participaram do “The Ellen DeGeneres Show”, fizeram algumas ações com a Rádio Disney, atuaram no programa de TV Grown-ish, escreveram a música tema do filme “Uma Dobra no Tempo” (2018), abriram um show de Beyoncé e muito mais.

O trabalho de estreia chamado “The Kids Are Alright” levou três anos para ficar pronto. Halle disse em entrevista à revista “Time” que não foi fácil selecionar apenas algumas das 400 músicas que já tinham composto até então. “Todas as canções são nossos ‘bebês’, então é muito difícil escolher”, disse. As meninas escrevem desde que Halle tinha 10 e Chloe oito anos, época em que o pai delas percebeu que as duas de fato amavam música e ensinou qual era o processo de criação de uma letra. “Desde que éramos garotinhas, nosso pai instigou a importância de não depender de ninguém e fazer a gente mesmo”, falou à publicação.

E essa forma orgânica de compor na sala de casa, sem a pressão de um estúdio, reflete nas músicas, que falam de forma autoral sobre a fase de crescimento delas e tudo o que viveram. E tem mais: Halle toca guitarra, enquanto Chloe produz as músicas, o que aprendeu a fazer sozinha com pesquisas no Youtube e no Google. A referência? O jazz de Billie Holiday.

Outro ponto alto das garota é a forma como se vestem, sempre coordenando as produções de um jeito bem divertido. Com zero tédio nos looks, elas brincam com texturas e cores e já se tornaram queridinhas das garotas de suas faixas etárias. Abaixo, uma galeria da dupla que ainda vai dar muito o que falar e que está vivendo esse conto de fadas da vida moderna.