Versão brasileira de índice de transparência da moda é apresentada – CLAUDIA

3

Programa analisa o quanto 20 grandes marcas da indústria assumem publicamente informações sobre suas cadeias produtivas

access_time

2 maio 2018, 12h55 – Publicado em 28 abr 2018, 17h24

São Paulo foi palco, neste sábado (28), de um dos encontros realizados pelo país como parte da Semana Fashion Revolution. A semana, organizada pelo núcleo brasileiro do movimento Fashion Revolution, visa aumentar a conscientização sobre o custo da moda e seu impacto em todas as fases do processo de produção e consumo.

Na ocasião, foi lançado o projeto da versão brasileira do Índice de Transparência da Moda Fashion Revolution. A pesquisa vai analisar o quanto 20 grandes marcas da indústria estão disponibilizando publicamente informações sobre suas cadeias produtivas, em prol de uma comunicação mais direta com a sociedade. A previsão é que o índice esteja disponível para download em outubro deste ano.

Durante o dia de evento, realizado no Unibes Cultural, na Zona Oeste da capital paulista, falou-se sobre os cinco anos da tragédia de Rana Plaza, em Bangladesh. Na ocasião, um prédio onde atuavam diversas confecções de tecido desabou e matou 1127 pessoas. O caso trouxe à tona a discussão sobre normas básicas de segurança no país e o lado obscuro da indústria de roupas internacional.

 

 

Fonte oficial: CLAUDIA

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários