Web Luxo >> Ulysse Nardin’s lança Cronômetro Marine Calendário Edição Mônaco – WEB LUXO

20



Mesmo que seu nome seja bastante difícil de lembrar, o Ulysse Nardin Marine Chronometer Annual Calendar Monaco Edition certamente fará uma boa impressão para você, mostrando uma mistura fascinante de raízes marinhas com um olhar chique e um movimento inteligente.

Comemorando 9 anos de apoio leal ao prestigiado Mônaco Yacht Show, a marca suíça introduziu um relógio dedicado de edição limitada para o evento.

Famosa por seus cronômetros marinhos, os últimos anos de Ulysse Nardin foram marcados por inovações técnicas e um espírito minimalista geral.
O trabalho do mestre relojoeiro da marca Ludwig Oechslin está longe de ser fácil; no entanto os resultados falam por si mesmos, dando crédito onde o crédito é devido.

Por exemplo, para este relógio, Ulysse Nardin conseguiu criar um movimento que compreende apenas 12 partes extras e com apenas 7 partes extras em comparação com um relógio com data – enquanto ele é extremamente fácil de usar.

O calendário anual do Cronômetro Marinho voltou com a exibição tradicional do “Cronômetro Marinho”, embora uma reserva de energia exibida em 12, grandes números romanos e com pequeno ponteiro de segundos a 6 também faz parte do projeto. A edição limitada do Chronometer Annual Calendar Monaco Edition faz parte de uma série de 100 unidades, mostrando um relógio tradicional branco, números romanos azuis e pulseira em aço com toque azulado.

A caixa de aço de 43 mm, com as pulseiras integradas e a moldura canelada, abriga o calibre interno UN-113 com escape de silício e balanço, além de uma impressionante reserva de energia de 60 horas.

O relógio Ulysse Nardin Marine Chronometer Annual Calendar Monaco Edition custa 9.900 euros (R$ 36.500).

Via |  Ulysse Nardin

Fonte Oficial: http://webluxo.com.br/home/alto-luxo/ulysse-nardins-lanca-cronometro-marine-calendario-edicao-monaco/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários