Zegna compra Thom Browne por US$ 500 milhões – GQ

25

Movimento forte no cenário global da moda masculina: em constante busca pelo rejuvenescimento da alfaiataria, a Ermenegildo Zegna anunciou nesta terça-feira a compra de 85% do business do americano Thom Browne, conhecido por seus desfiles lúdicos e teatrais e responsável por vestir o elenco do Barcelona fora dos campos. Ele também se aventura no estilo da NBA, pois já vestiu os jogadores do Cleveland Cavaliers antes de LeBron James ir para os Lakers.

Browne é tricampeão do CFDA (Council of Fashion Designers of America) na categoria Moda Masculina e é tido como responsável por encolher o terno masculino ao tirar alguns centímetros da barra das calças e reduzir as proporções dos blazers. Focado na alfaiataria, o americano é um dos nomes mais comentados da indústria fashion. Ele continua com os 15% restantes do negócio e segue como único diretor criativo da marca que fundou em 2001. 

LeBron James vestiu Thom Browne no Cleveland Cavaliers antes de ir para os Lakers (Foto: Getty Images)

“Meu objetivo é manter a independência da Thom Browne”, declarou Ermenegildo Zegna, CEO do grupo Zegna, em declaração para a imprensa. “É uma boa empresa, organizada e rentável. Se algo está funcionando bem, não há por que mudar, mas, sim, apoiar. A empresa deve permanecer independente e ter autonomia, com o apoio e a estrutura da Zegna.”

+ Veja o que aconteceu na 3ª edição do Gentleman’s Day, em São Paulo
+ As 5 tendências mais importantes da semana de moda de Paris

De fato, a Thom Browne vai muito bem, obrigado. São 31 lojas próprias em capitais como Nova York, Tóquio (os japoneses adoram os ternos cinza bem curtinhos), Milão e Londres. Uma loja em Miami está prevista para outubro. O faturamento declarado em 2017 foi de US$ 125 milhões. Lançada em 2011, a linha feminina já é responsável por 35% das vendas. 

O designer americano Thom Browne vendeu 85% de sua empresa para a Zegna (Foto: Getty Images)

Orgulhoso do novo passo na carreira, Thom Browne deu a seguinte declaração: “sinto que a paixão da Ermengildo Zegna pela melhor qualidade em técnicas e materiais está superalinhada com o que sempre busquei em minhas coleções. Me lado conceitual no design e a vontade de construir um luxo sólido e duradouro para homens e mulheres é algo comum às duas empresas”. 

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários