Zuckerberg certa vez matou e serviu uma cabra para Jack Dorsey, CEO e fundador do Twitter – Notas – Glamurama

8

Mark Zuckerberg e Jack Dorsey || Créditos: Getty Images

Eis mais uma prova de que Mark Zuckerberg é um cara, digamos, “excêntrico”: entrevistado pela revista americana “Rolling Stone” nessa semana, o cofundador e CEO do Twitter Jack Dorsey revelou que certa vez foi jantar na casa do chefão do Facebook e o prato servido na ocasião foi cabra assada, sendo que o animal foi abatido momentos antes de sua chegada pelo próprio Zuck – e com uma faca de laser! – e em seguida enviado para um açougueiro a fim de ser devidamente preparado para ir ao forno.

“Em Palo Alto [onde Zuckerberg mora] é permitido manter seis animais vivos em casa para consumo alimentar”, explicou Dorsey. “E ele [Zuckerberg] tinha exatamente seis cabras em casa. Foi incrível. Esperamos 30 minutos até a carne ficar pronta, e no fim ainda ficou fria. Eu acabei comendo só salada”.

Zuckerberg, de 34 anos, já disse certa vez que não é muito chegado em carne, seja vermelha ou branca, e que prefere comer apenas a dos animais que ele mesmo mata, o que faz sem qualquer tipo de sofrimento aos bichos. Voltando a Dorsey, que há anos luta com o declínio do interesse de usuários e investidores pelo Twitter, o executivo declarou no bate papo com a Rolling Stone que curtiu ver o Face passando por algo parecido durante o auge do escândalo Cambridge Analytica. “A vingança é um prato que se come quente. Ou frio”, cutucou. (Por Anderson Antunes)

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários