Zuckerberg tenta convencer primeira-dama da França a criar conta no Face e se dá mal – Notas – Glamurama

6

Brigitte Macron e Mark Zuckerberg || Créditos: Getty Images

Climão no almoço oferecido nesta quarta-feira pelo presidente da França, Emmanuel Macron, a vários poderosos da indústria de tecnologia dos Estados Unidos. O regabofe a portas fechadas aconteceu no Palácio do Eliseu, a residência oficial do político em Paris, e contou com a presença dos CEOs de várias empresas famosas do Vale do Silício – Satya Nadella (Microsoft), Dara Khosrowshahi (Uber), Ginni Rometty (IBM), Bill McDermott (SAP SE) e Jimmy Wales (Wikimedia Foundation) eram alguns dos que estavam lá.

Mas quem roubou a cena foi Mark Zuckerberg, cofundador e CEO do Facebook, que num determinado momento tentou puxar conversa com a primeira-dama Brigitte Macron – que não se sentou à mesa mas passou pra dar um “alô” aos convivas – sugerindo a ela que criasse um perfil no site de relacionamentos. Notoriamente avessa às redes sociais, a professora aposentada respondeu com um “Non, merci” acompanhado de um sorriso e emendou dizendo que tem mais o que fazer “na vida real”. Eita! (Por Anderson Antunes)

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários